TOP 10 – Melhores Filmes de 2010

Peraí! Todos fazem as suas listas de melhores e piores do ano! Todos mesmo! Por que é que eu não posso fazer? Ah, é… eu posso fazer sim. Bem, o blog é sobre livros principalmente, mas resolvi começar por cinema porque já estava com essa lista pronta há um tempo.

Sim, eu adoro listas e tops, como quase todo mundo. E não concordo com a maioria delas, como ainda mais gente faz. Para amenizar o transtorno, prefiro não colocar colocações como primeiro lugar, segundo lugar… e sim uma relação com os filmes notáveis deste ano ido de 2010, aonde tivemos coisas boas e ruins nas mais variáveis mídias.

Se não gostarem da lista, vão se fu…  ignorem e pensem nas suas próprias, pois esta nada mais é que a MINHA opinião e a de mais ninguém. Além disso, não assisti a todos os filmes importantes esse ano, além de que gosto pessoal sempre conta…

Observação: listo aqui os filmes lançados no BRASIL em 2010, e não lá fora. Alguns filmes saem lá fora em dezembro, por exemplo, e demoram uns dois meses para chegar em terras tupiniquins, o que causa uma discrepância nas datas e anos de lançamento.

Eis então meu top 10 filmes de 2010 (que é uma lista com 11 filmes, mas seria chato falar top 11…)!!!

Kick-Ass: Quebrando Tudo! (Kick-Ass)

2010_kick-ass_005

Puro entretenimento de qualidade. Não é preciso dizer mais que isso. As desventuras do nerd que tenta ser super-heróis desconstrói a imagem dos heróis de forma divertida, criativa e cheia de referências. Quem nunca sonhou em ser um super-herói, bater nos bandidos e ficar com a mocinha? O protagonista daqui vai além do sonho e realmente vira um herói (à sua maneira…)! A adaptação da história em quadrinhos de Mark Millar e John Romita Jr. chegou aos cinemas realmente quebrando tudo, e só não foi melhor porque o nome nacional não tem nada parecido com “chutando bundas”…

O Livro de Eli (The Book of Eli)

book_of_eli_denzel_washington1

Este é um filme com pose de blockbuster, mas com conteúdo afiado. Cenário pós-apocalíptico, mas com história que não mostra os clichês mais recorrentes do tema. Denzel Washington e Gary Oldman estrelam um filme com uma direção de arte linda e lutas violentas com tomadas bacanas. Mesmo sem tanto destaque pela mídia, O Livro de Eli é um filme que foge de algumas manias hollywoodianas (mas só algumas…) e merece ser visto.

Os Homens que Não Amavam as Mulheres (Män som hatar kvinnor)

millennium 3

A adaptação do bestseller sueco da Trilogia Millenium foi um belo sucesso no seu país de origem e também pelo mundo afora, tanto que já se planeja um remake americano (nem perderam tempo, não é mesmo?). Boas atuações, clima bem construído, pequenas adaptações em relação ao livro (leiam o livro, que por acaso é muito bom) que não prejudicam a história. Enfim, é uma adaptação bem-feita e acima da média.

Tropa de Elite 2 (Tropa de Elite 2)

tropa-de-elite-2-1

O filme de maior sucesso nas bilheterias brasileiras de todos os tempos (embora aja controvérsias) é também um bom filme, tanto pela sua qualidade em si quanto pela importância que tem. Ao contrário do primeiro longa, muito mais intimista e focado na favela, essa seqüência trata dos problemas brasileiros de forma muito mais complexa, como eles realmente o são. Menos filme de palavrões e bem mais crítica política e social. O diretor José Padilha consagra-se mais uma vez no cenário de cineastas nacionais, ajudado por um elenco de peso encabeçado pelo nosso velho amigo Wagner Moura como o famoso Capitão Nascimento.

Homem de Ferro 2 (Iron Man 2)

papel-de-parede-filme-homem-de-ferro-2

A partir do início do século XXI, os super-heróis nunca mais foram os mesmo para o grande público. Agora eles estão à vista para todos, em produções cinematográficas que saem uma atrás da outra. A onda estourou com X-Men – O Filme e continuou com Homem-Aranha e Batman. Mas quem conhecia o Homem de Ferro antes do primeiro filme? Eu só comecei a ler quadrinhos pouco antes da estréia da adaptação, e ouvi falar desse herói pela primeira vez numa propaganda cinematográfica. E a seqüência vem para firmar de vez o ferroso nas telonas, com mais um filme divertidíssimo e bem-feito (talvez um pouco inferior ao primeiro, mas quem se importa…?). E olha só o elenco: Robert Downey Jr, Michel Rourke, Scarlet Johasson (OMG!) e Samuel L. Jackson…

A Origem (Inception)

a_origem_papel_de_parede_10

Christopher Nolan é o famosíssimo diretor de Batman Begins e Batman – O Cavaleiro das Trevas (dois filmes que me fizeram virar fã de Nolan…), que invade Hollywood com seus trabalhos ao mesmo tempo autorais e comerciais, como é o caso desse A Origem. A trama é alucinante, assim como os efeitos especiais, os conceitos, a execução da obra. Nolan prova ser um exímio embaralhador de mentes, tanto que muitos saíram da sessão sem entender muito bem as coisas… É um filme que dividiu opiniões e gerou críticas negativas e positivas (positiva da minha parte), e que merece figurar na lista pelo espetáculo visual e temático que é.

Guerra ao Terror (The Hurt Locker)

guerra-ao-terror

Filmes de guerra existem aos montes, mas nem todos conseguem se destacar positivamente, seja pela originalidade (coisa difícil de se obter hoje em dia) ou pela execução; Guerra Ao Terror é daqueles que trabalha com o drama do ser humano durante a guerra, e não os tiroteios por eles próprios. Afinal, quem sofre com a guerra somos nós mesmos! A verdadeira bomba prestes a explodir é a que está dentro de nós… essa produção independente que saiu apenas em DVD originalmente sacaneou seus concorrentes na disputa do Oscar e abocanhou importantes estatuetas, incluindo as de Melhor Filme e Melhor Diretor.

A Fita Branca (Das Weiße Band)

20110331215843.jpg

Esse seria o representante Cult da lista. É uma produção alemã que trata do tema nazistas (que coincidência, não?). Calma, o nazismo não é o foco principal e não veremos judeus sendo espancados aos gritos (já perdemos a conta de quantas vezes vimos isso…). A história se passa pouco tempo antes da Primeira Guerra Mundial e retrata o drama de moradores de uma cidadezinha alemã. Entendam isso como a “infância do nazismo”… não sei se colou muito bem, mas entendam: o filme é forte e marcante, e vale ser conferido.

O Segredo dos Seus Olhos (El Secreto de sus Ojos)

O-Segredo-dos-Seus-Olhos

Vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, O Segredo dos Seus Olhos é um drama misturado com investigação policial, mas que em momento algum cai nos clichês e nos erros costumeiros desses dois gêneros. Não tem explosões exageradas (nem tem explosões!) nem cenas dramalhonas… Mas sim um roteiro inteligente, um drama tocante e atuações esplêndidas. O diretor argentino Juan José Campanella conseguiu criar aqui uma obra linda visualmente e intelectualmente, merecendo o já citado prêmio e a audiência de todos que admiram um filme bem feito.

Zumbilândia (Zombieland)

zombie

Simplesmente o filme mais divertido do ano! Zumbis, zumbis e mais zumbis! Cassete, quer mais? Esse filme baratíssimo, simplíssimo e despretensioso mostra o que de melhor o cinema pode oferecer sem ser nem um pouco sério ou complexo. Se ponho na lista filmes dramáticos e outros de dar nó na cabeça, esse figura como o mais louco possível! Quatro sobreviventes tentam manter-se vivos em meio a hordas intermináveis de zumbis, em cenas ora hilárias, ora nojentas… Sem perder o bom humor! Você não precisa saber mais que isso, basta entender que haverão vários zumbis… e que eles morrerão. Não se enganem: não temos aqui uma pastelada no estilo de Todo Mundo em Pânico, mas sim uma comédia de qualidade.

 Toy Story 3 (Toy Story 3)

toys31

Esse daqui é presença mais que merecida em qualquer lista de melhores filmes do ano, e é o represente das animações nessa lista (é, obviamente, a melhor animação de 2010). O encerramento da trilogia dos brinquedos criados pela Pixar e iniciada no já longínquo ano de 1995 é simplesmente perfeita. Divertido para as crianças, memorável para os adultos. Faz lembrar a qualquer um como o mundo era mágico na infância e como devemos voltar a ser criança de vez em quando. Tudo isso sempre usando de muito bom humor, personagens carismáticos e uma trama muito bem bolada. Para todas as idades, para todos os gostos!

MENÇÕES HONROSAS

Como já dito, não pude ver todos os filmes do ano… alguns que parecem ser muito bons e outros realmente aclamados pela crítica geral. E há outros bem legais de se ver, mas que ao estão naquele top 10. Ou seja, menciono no finalzinho alguns que também merecem ser conferidos:

Megamente (Megamind)

Zona Verde (Green Zone)

Scott Pilgrim Contra o Mundo (Scott Pilgrim Versus the World)

A Estrada (The Road)

A Rede Social (The Social Network)

Um Parto de Viagem (Due Date)

Meu Malvado Favorito (Despicable Me)

Bom, é isso! Essa foi a minha lista, cada um faça a sua, e o resto… é o resto!

Anúncios

Publicado em quinta-feira,13 janeiro,2011, em Cinema, Indicações de Cinema e marcado como , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: