RESENHA – O Nome do Vento, de Patrick Rothfuss

O-Nome-do-Vento-Capa

 

INFORMAÇÕES:

TÍTULO: O Nome do Vento

TÍTULO ORIGINAL: The Name of the Wind

AUTOR (A): Patrick Rothfuss

GÊNERO: Fantasia Clássica

ORIGEM: EUA                         

ANO DE LANÇAMENTO: 2009

ANO DE LANÇAMENTO ORIGINAL: 2007

NÚMERO DE PÁGINAS: 656

EDITORA: Sextante (selo Arqueiro)

 

SINOPSE:

Da infância numa trupe de artistas itinerantes, passando pelos anos vividos numa cidade hostil e pelo esforço para ingressar na escola de magia, “O Nome do Vento” acompanha a trajetória de Kote e as duas forças que movem sua vida: o desejo de aprender o mistério por trás da arte de nomear as coisas e a necessidade de reunir informações sobre o Chandriano – os lendários demônios que assassinaram sua família no passado.

 

The_Name_of_the_Wind

RESENHA:

Na primeira vez que vi o livro, estava na Bienal e o volume me chamou muita atenção. Sua capa muita bonita e edição bem feita me deixaram curioso, assim como a diagramação e tamanho das folhas. Acabei lendo a sinopse e então o exemplar me pegou de jeito. Infelizmente, não tinha mais dinheiro, então acabei comprando O Nome do Vento meses mais tarde.

O universo criado por Rothfuss se assemelha ao de alguns títulos medievais (O Senhor dos Anéis, Guerra dos Tronos), sendo assim um grande cenário. As diferentes regiões criadas foram muito bem feitas, cada qual com uma história muito diferente uma das outras, criando assim conflitos entre as mesmas.  O autor criou também seu próprio sistema monetário, fato difícil de ser compreendido no início.

Admito que, no início da leitura, a história é lenta e morna até demais. Isto fez com que eu reconsiderasse a compra da obra. Porém, assim que o passado começa a ser contado temos uma engrenada revigorante na leitura, e a partir deste ponto o livro se torna irresistível.

A história se passa com Kvothe, o dono da hospedaria Marco do Percurso, onde um escriba quer escrever sua biografia. Vemos, assim, que nosso protagonista já está “aposentado” e que conquistou grandes feitos no passado. Esse fato deixa a história particularmente interessante a partir do ponto que queremos saber o que ele fez no passado e como ele chegou até a taberna.

images

Kvothe (ele tem vários nomes, mas seu nome verdadeiro é esse) rapidamente se identifica com o leitor. A partir da sua adolescência, já está muito maduro para sua pouca idade e tem responsabilidades difíceis mesmo para um adulto, por mais que seja ingênuo algumas vezes. A partir daí, o vemos crescer, amadurecer e conhecer o mundo.

O protagonista é multitalentoso e praticamente um prodígio em diversas áreas, se mostrando um brilhante músico, ladrão, assassino, mago, amante, dentre outras coisas. Este é um ponto positivo do livro. Mesmo com tantos talentos e habilidades, vemos que sua falta de experiência muitas vezes mostra as caras, fazendo com que cometa muitos erros.

Mesmo com Kvothe sendo habilidoso até demais, vemos que ele ainda é muito jovem e não amadureceu por completo. Sua mente, conturbada com as lembranças de sua família, tenta reprimir a dor, guardando-a no seu interior. Kvothe então exprime suas dores pela música, por meio de seu inseparável alaúde.

A escrita de Rothfuss é lenta e muito descritiva. Cada detalhe de um novo personagem ou novo ambiente é descrito precisamente. Este estilo combina com o livro e com o próprio protagonista (muito detalhista), a partir do momento que a maior parte do romance é contada em primeira pessoa.

O Nome do Vento foi feito para ser lido com calma e paciência, e não para ser devorado em um ou dois dias (o livro tem 656 páginas, então boa sorte).

Nota: 9,0 – Recomendado para quem gosta de fantasia medieval e tem paciência para um livro longo e minucioso como este.

Lucas aprova!

Lucas aprova!

Anúncios

Publicado em domingo,23 junho,2013, em Literatura, Resenhas Literárias e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Já estava interessado neste livro e já havia lido mais algumas resenhas positivas, mas esta foi a “gota d’água”. Vou deixá-lo na lista para 2014, abraço!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: